Tapira Teen - A Revista Digital de Tapira
Publicado em: 05/03/2018
Festa de Aniversário valoriza cultura tapirense
Untitled Document

O Aniversário de Tapira foi comemorado em grande estilo - a festa pelos 55 anos de emancipação política da cidade teve grandes contornos culturais e vai ficar marcada na memória de todos que nela tomaram parte.

Tudo começou com a concentração na fazenda do Sr. João do Antero Hermógenes, onde um delicioso almoço foi servido e a Banda 100% Caipira soube muito bem fazer os presentes esquecerem o escaldante sol e ainda caírem na dança.

De lá, a cavalgada partiu rumo à cidade, contando com cerca de 800 cavaleiros e amazonas segundo os organizadores da festa - o que, embora não existam números oficiais de outras cavalgadas, leva a crer que seja o recorde de participantes neste tipo de evento em Tapira. Para se ter uma idéia, é como se quase 20% da população tapirense tivesse ativamente participado do evento.

Se recordar é viver, quando um grupo de pessoas, montado em cavalos, ganha as pitorescas ruas de Tapira, os mais experientes tapirenses, ao contemplar a cena, com certeza se recordam de tempos idos, onde o lombo de um animal era o único transporte. Pessoas e lugares, cenas e lembranças que ficaram na história povoam a mente de muita gente que ajudou a construir essa belíssima história. Aliás, contam os mais experientes, que foi no lombo de um cavalo, que nossos emancipadores - aqui me recordo da ilustre figura do Sr. Egídio Ribeiro de Resende - se deslocavam até Sacramento em busca de nossa "alforria", do nosso direito de ser cidade. Nosso agradecimento ao Sr. Egídio e aqueles que com ele conseguiram este grande feito. Os tapirenses de hoje agradecem aos grandes homens de ontem, que marcaram a história e nos deram a oportunidade de continuar a reescrevê-la.

À noite foi a vez da renomada dupla Rio Negro & Solimões cantar e fazer aquilo que sempre fez com maestria quando convocada a se apresentar em Tapira: lotou o Parque de Exposições Valtuir Gomes de Moura em um misto de efetiva participação de tapirenses e, ao mesmo tempo, uma invasão de pessoas vindas das cidades vizinhas.

Rio Negro & Solimões agitaram muito a galera e, como sempre, tiveram uma grande sinergia com o público. A cada um de seus sucessos o Parque de Exposições tremia com tanta gente pulando e dançando em um clima de muita alegria. Após o show ainda houve a apresentação do DJ Hugo Bagunceiro, que agitou o fim de noite.

Parabéns Tapira pelos 55 Anos de Emancipação Política! Quem conhece estas terras sabe o quão acolhedor é o seu povo e quanto potencial essa gente possui!

Fotos: Secretaria de Comunicação da PMT

Untitled Document
Mais notícias sobre Cultura
Untitled Document